Programa + Saudáveis

Foi com o tema “A Viagem dos Alimentos” que desenvolvemos uma ação presencial junto dos alunos dos 5º e 6º anos, numa escola em Lisboa, alcançando um total de 300 estudantes e respetivos professores.


Alunos e professores viveram momentos de aprendizagem sobre temas relacionados com a alimentação saudável e sustentabilidade, numa viagem que os levou a conhecer o caminho que os alimentos desde o prado, até ao nosso prato, terminando nos 10 princípios da Dieta Mediterrânica. Esta ação em particular foi também idealizada para preparar os alunos para completarem com sucesso os desafios Eco-Escolas - Educação Ambiental para a Sustentabilidade nas Escolas.


Começando pelos conceitos que caracterizam a produção alimentar, abordando temas como a hidroponia, aquacultura e aquaponia, bem como a relevância do local de produção para as melhores escolhas alimentares, a sessão atravessou temas estruturantes da cadeia alimentar.


Sara Rodrigues, da área de agronomia, iniciou a viagem dos alimentos com grande foco nos recursos e sua disponibilidade. Com o objetivo de expandir a noção dos alunos dos sistemas de produção existentes, fez uma breve apresentação de alternativas contrastantes, explicando aos alunos que atualmente a produção convencional está a ser suplementada por outros modelos produtivos, nomeadamente sem solo, na medida em que a necessidade de produzir alimentos de forma mais consciente dos recursos e de alimentar uma população mundial tendencialmente crescente, leva ao desenvolvimento de outras práticas de produção.


A sazonalidade dos alimentos foi um dos temas que mais interessou os alunos, pela particularidade com que foi abordado, através de um jogo interativo. “Este tipo de exercícios e jogos têm muita adesão por parte dos mais novos. São sempre uma boa aposta para a disseminação de conteúdos devido à forma pedagógica e prática como são transmitidos”, explica Catarina Vasconcelos, nutricionista do F4S, com larga experiência em ações junto de jovens.


“Os alunos destas idades são muito interessados por estes temas e são os primeiros a quererem adotar mudanças nos seus consumos e a levar as boas práticas aprendidas para as suas famílias. Participam com entusiasmo, e são sempre tão recetivos aos novos conceitos adquiridos”, refere Joana Grácio, coordenadora da ação desenvolvida.


No final da sessão os alunos sentiram-se capacitados para interpretarem os rótulos dos alimentos, com particular atenção para a identificação dos açúcares adicionados, bem como do local de produção do alimento. Foram também capazes de identificar com sucesso os 10 princípios da Dieta Mediterrânica, relacionando-os com aspetos do dia-a-dia.


“Estamos a desenvolver serviços de alimentação saudável com o intuito de levar conhecimentos e práticas sobre saúde e sustentabilidade às empresas, autarquias e comunidade escolar, através de ações presenciais, e experiências que sejam transformadoras. Esta ação foi um sucesso, e estamos confiantes que em breve chegaremos a mais pessoas pois a saúde e sustentabilidade são temas que interessam a todos: às empresas, no sentido de estimarem os seus colaboradores e lhes levarem formas criativas de viverem mais saudáveis; às autarquias, pois querem apostar em soluções de saúde comunitária que envolvam a população; à comunidade escolar, pois é junto dos mais jovens e seus professores que é possível vermos uma vontade efervescente de mudar paradigmas e comportamentos, eles são o nosso futuro”, adiantou Cecília Franco, responsável pela oferta de serviços de alimentação saudável do CoLAB.


“Na nossa equipa reunimos conhecimentos e experiência em nutrição e agronomia que nos permitem desenvolver ações transversais e sobre temas tão atuais e importantes, com o objetivo de alcançarmos a neutralidade carbónica na produção alimentar e de levarmos alimentação saudável a todos“, referiu ainda a nutricionista que desde 2021 integra a equipa do Food4Sustainability.


No mês de Maio a equipa regressa novamente à escola para uma segunda ação presencial, que irá contemplar também uma sessão de show-cooking dinamizada por Rossano Fillippini, engenheiro agrícola e chef no F4S.


Se ficou com vontade de conhecer um pouco mais sobre estes serviços, e se gostava de fazer parte deste programa + Saudáveis, poderá entrar em contacto com Cecília Franco através do email cecilia.franco@food4sustainability.org


32 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo