top of page

Explorar a Microbiologia do Solo: uma experiência educativa

No dia 22 de janeiro de 2024, o Food4Sustainability (F4S) dinamizou uma experiência educativa sobre microbiologia dos solos para uma turma do 5º ano na Escola Básica 2+3 Professor Delfim Santos, em Lisboa. Sob orientação científica de Margarida Palma e com a ajuda da Cecília Franco, os alunos mergulharam no curioso universo microscópico do solo.

 

Da teoria à prática

 

A sessão começou com uma breve abordagem teórica sobre os microrganismos que pululam os solos, e que são fundamentais para a produção alimentar - uma variedade de bactérias, fungos, vírus, protozoários, e animais microscópicos, compõem aquele que deve ser um solo saudável.


 

Foi através de um jogo de cartas, desenvolvido por Margarida Palma, investigadora de operações no F4S e com doutoramento em microbiologia, que os alunos puderam explorar e conhecer alguns exemplos de microrganismos que habitam o solo e qual o seu papel - benéfico ou prejudicial - no equilíbrio desse ecossistema. O jogo deu também lugar à improvisação: "Fomos ao encontro do entusiasmo e interesse demonstrado pelos alunos, e propusemos uma dinâmica onde puderam perceber qual o papel dos pesticidas na microbiologia dos solos, e como as práticas de agricultura convencional, levaram a que os solos perdessem muito da sua capacidade natural de gerar nutrientes", exemplifica Cecília Franco, nutricionista de formação, e que é desde janeiro de 2021 especialista em saúde e bem-estar no F4S.

 

A atividade terminou com uma observação de amostras de solo, revelando aos jovens a complexidade e a riqueza dos microrganismos que habitam o substrato terrestre. A observação microscópica revelou desde bactérias dançantes a protozoários solitários, proporcionando uma visão íntima da vida invisível aos olhos nus.

 

Ao capacitar as novas gerações com conhecimento sobre a microbiologia dos solos, a ação promove uma mentalidade voltada para a preservação ambiental e a adoção de práticas agrícolas sustentáveis. Essa abordagem alinha-se ao compromisso do F4S em impulsionar a inovação para um futuro alimentar mais sustentável.

 

Solos saudáveis geram alimentos saudáveis

 

"A biodiversidade microbiana nos solos desempenha um papel crucial na decomposição de matéria orgânica, na fixação de nutrientes e na promoção da resistência das plantas a doenças", refere Margarida Palma. Os solos saudáveis desempenham um papel essencial na garantia de uma alimentação nutritiva e sustentável. "Um solo equilibrado e rico em nutrientes é a base para o crescimento de plantas saudáveis, que, por sua vez, fornecem os elementos essenciais para a nossa nutrição", afirma Cecília Franco.

 

Ao compreendermos a importância da microbiologia do solo, estamos a contribuir para a promoção de solos saudáveis, capazes de sustentar culturas nutritivas e, consequentemente, uma alimentação mais equilibrada e benéfica para a nossa saúde. Este conhecimento adquirido durante a ação educativa não apenas enriquece a perspetiva dos alunos sobre ciência, mas também os capacita como defensores de práticas agrícolas sustentáveis e de escolhas alimentares conscientes: aqui, o ditado popular português "de pequenino é que se torce o pepino" aplica-se na perfeição.

 

O F4S reconhece que os solos são a base da produção de alimentos, desempenhando um papel crucial na sustentabilidade alimentar. Ao fomentar o entendimento sobre microbiologia dos solos desde idades mais jovens, procura-se plantar sementes de consciência sobre a interconexão entre a saúde do solo, a produção alimentar e a saúde humana.

 

F4S empenhado na transferência de conhecimento

 

Ao unir a ciência à educação, o F4S contribui para a construção de um caminho para um futuro em que a saúde dos solos é valorizada como um componente vital do nosso bem-estar global. O caminho para a alimentação saudável e sustentável passa não só pelos produtores, mas também pelos consumidores. As gerações mais jovens estão muito despertas para a realidade que vivemos. Querem ter um papel ativo nesta transição e sabem que o futuro passa pelas suas mãos.

 

"Estas iniciativas de sensibilização e educação fazem parte da agenda do Food4Sustainability, que, enquanto laboratório colaborativo dedicado à inovação no alimento sustentável, visa educar e sensibilizar para a importância da saúde dos solos, desde o produtor, até ao consumidor" expõe Cláudia Costa, gestora de operações no F4S e coordenadora do F4S Academy, a área do F4S responsável pela transferência de conhecimento.

 

Em última análise, "a ação de microbiologia do solo não é apenas uma experiência educativa de sala de aula, mas um passo significativo na construção de uma comunidade educada, consciente e comprometida com a preservação do meio ambiente", afirma Ana Baltazar, que é desde novembro de 2023, diretora de operações no F4S.

 

Inseridas no âmbito dos Serviços de Alimentação Saudável e Sustentável do F4S, estas ações, que incluem jogos didáticos, visitas de campo, sessões sobre a viagem dos alimentos ou sobre a alimentação mediterrânica, estão à disposição de escolas, municípios e empresas que pretendam enriquecer os seus alunos, comunidades e colaboradores com conhecimentos sobre alimentação saudável e sustentável.

 

Agradecimentos:

O F4S quer deixar um especial reconhecimento pelo esforço e amabilidade das professoras Natália Almeida e Alexandra Marto, seja pela simpatia com que receberam a equipa F4S, e principalmente pela vontade e empenho em fazer mais e melhor pelos alunos da EB 2+3 Professor Delfim Santos.

5 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page