• Cecilia Franco

Porque é que uma maçã por dia mantém o médico afastado?


É o que nos diz o ditado. Mas de onde virá essa capacidade de as maçãs de nos manterem longe dos médicos?

Vamos olhar em detalhe para este fruto, amplamente conhecido, e tão saboroso!


Podemos consumir maçãs ao longo de praticamente todo o ano. De Maio a Julho embora não haja apanha, é possível encontrá-la à venda pois pode ser armazenada sob refrigeração sem perda de nutrientes.

É um fruto versátil, que tanto pode ser ingerido cru, com ou sem casca, cozida, em sobremesas (tartes, compotas, geleias) ou como acompanhamento em pratos salgados (puré de maçã). Também é utilizada na produção de sumos, batidos de fruta, sidra e algumas aguardentes.

No que diz respeito à sua composição realçamos as vitaminas A, C, E e B9, mais conhecida como ácido fólico.

Dos minerais, sobressai o seu conteúdo em potássio, fósforo e magnésio, mineral com mais de 300 funções no corpo humano - a mais relevante função talvez seja o seu papel fundamental no relaxamento da fibra muscular.

O seu teor em fibra, principalmente a pectina - fibra solúvel - tornam-na um bom alimento que auxilia o trânsito intestinal.

A maçã é também rica em flavonóides, dos quais realçamos a quercetina e a fisetina. A fisetina, considerada mais potente do que a quercetina, é um membro da família dos flavonóides e está presente em concentrações relativamente altas em morangos, maçãs e mirtilos, e também em menor quantidade em dióspiros, uvas, cebolas e pepinos.

A fisetina tem reconhecida ação anti-cancerigena, e anti-senescente. é um poderoso agente de limpeza para lixiviar o excesso de células senescentes no corpo humano.

Dado que a fisetina é um produto natural encontrado em alimentos, disponível como suplemento alimentar e não tendo efeitos secundários adversos relatados, os estudos sugerem que a fisetina pode ser amplamente recomendada e pode ter um benefício significativo para a saúde de idosos.

Talvez afirmar que com uma maçã por dia conseguimos manter-nos longe dos médicos seja ousado, mas há evidências de que com suplementação alimentar em fisetina, é possível a ingestão de uma dose superior àquela que encontramos numa maçã por dia. Talvez esse seja o caminho, sem nunca descurar uma boa alimentação: é basilar se queremos saúde a longo prazo.


Leia mais

0 views0 comments